Notícias

Uma ferramenta indispensável

A internet já é item obrigatório nas oficinas mecânicas. Através do computador e do smartphone, o profissional automotivo tem alcançado mais produtividade no trabalho. O mecânico Joaquim Marques, da Jo Pneus, destaca as vantagens da web

Blogs de conteúdo técnico, plataformas de vídeos e lojas virtuais já se tornaram ferramentas essenciais no dia a dia do mecânico Joaquim Marques, da Jo Pneus, em São Paulo. Há mais de 20 anos no ofício, o paulista relembra as dificuldades da era “pré-virtual”.

“Quando tínhamos de fazer uma pesquisa em catálogo impresso ou procurar peças pessoalmente, atrapalhava nossa rotina de trabalho, pois perdíamos muito tempo na função. Agora, com a internet e, sobretudo, com o setor mais digitalizado, os processos que envolvem pesquisa e compra se tornaram mais simples”, afirma.

Ele não vive apenas das reparações. O comércio de pneus tem grande representatividade no faturamento de seu negócio. No entanto, nesse caso, a rede não serve de vitrine para expor os produtos que vende na oficina. O comércio é realizado apenas em seu ponto físico.

“Usamos a internet como um canal de pesquisa, atualização e compra de peças. Mas não descarto comercializar nossos produtos pela rede mais pra frente”, diz Marques, revendedor da marca italiana Pirelli.

Mais negócios com a ajuda da tecnologia

Apesar de não vender pela internet, a tecnologia tem o ajudado a lucrar mais. Atualmente, a divulgação da oficina é feita pelo Facebook, mas um aplicativo tem sido fundamental para atrair mais vendas: o WhatsApp.

“É um meio prático e assertivo para divulgar promoções e novidades da oficina e, agora, um canal de vendas também”, afirma o profissional, que usa o cadastro dos clientes para fazer os disparos de ofertas. “Mas quando o pedido é realizado, a retirada e o pagamento são feitos diretamente na nossa oficina. Não utilizamos outras formas de entrega”.

+ Leia mais sobre o uso do WhatsApp no varejo

Comprado pelo Facebook em fevereiro de 2014, por US$ 21,8 bilhões, o WhatsApp tem mais de 1 bilhão de usuários no mundo, sendo mais de 100 milhões no Brasil. Números que animam empresários e profissionais liberais a usarem o aplicativo com foco nos negócios.

Joaquim Marques, da Jo Pneus. Foto: Pedro Spina

Joaquim Marques, da Jo Pneus. Foto: Pedro Spina


“Para passar orçamentos e fotos para os clientes também é muito bom. Otimiza nosso tempo. O WhatsApp tem nos ajudado bastante”, opina Marques.

Conteúdo é na web

Diariamente, o profissional faz pesquisas de peças, acessa matérias e vídeos técnicos na internet. “Hoje em dia é fácil encontrar qualquer tipo de informação ou peça na web. Ela chegou para transformar o setor” diz ele, que é fã da plataforma de vídeos YouTube.

“Quando temos dúvida sobre uma reparação, os vídeos no YouTube ‘salvam’. Até como forma de atualização, a plataforma é importante”. Marques não está só. Desde 2015, o volume de buscas do setor automotivo dobrou no site de vídeos. Em média, 20 milhões de pesquisas por conteúdos de autopeças são feitas mensalmente no YouTube. Assim como a plataforma o auxilia bastante, blogs como o nosso têm feito a diferença em sua rotina.

“Acho fundamental existir conteúdos como os do Canal da Peça, pois nos ajudam a tirar dúvidas. Até o cliente, que é leigo, pode consultar e ficar por dentro do assunto. Por consequência, será mais fácil explicarmos o que acontece com o carro dele”, comenta Joaquim Marques, da Jo Pneus.

Para o mecânico, a transformação na forma de consumo tem feito a indústria ficar mais digitalizada. “Sem dúvida, os catálogos digitais são importantes para nós, já que através do nosso celular conseguimos informações de peças. Também ajuda no momento da compra, pois minimiza a aquisição de um produto errado. Felizmente, o setor está atento às mudanças”.

As vantagens da internet

Marques costuma fazer compras de peças diretamente com seus fornecedores. No entanto, quando um item não está disponível, a internet é o caminho ideal para encontrar o que precisa.

A oficina Jo Pneus. Foto: Pedro Spina

A oficina Jo Pneus. Foto: Pedro Spina


“Com o código da peça conseguimos saber exatamente onde achar o item. O mecânico e o consumidor precisam apenas se informar em quais plataformas podem confiar. Acredito que os marketplaces mais conhecidos são mais seguros”, diz ele, que é cliente do Canal da Peça.

+ A bola da vez

Para ele, além da praticidade, as compras pela web saem na frente pelos descontos. Na nossa plataforma, os membros do Clube Canal da Peça podem comprar e vender aplicando descontos que já chegaram a até 90%. “Os cupons são excelentes. Para nós, que consumimos muito, faz a diferença”, afirma.

+ Veja também: Novos tempos, novas soluções

Marques acredita que não é apenas o modo de consumo que está se transformando com a tecnologia. O futuro da mecânica também será influenciado por ela.

“Se não aproveitarmos todas as possibilidades da tecnologia para nos atualizarmos e crescermos profissionalmente, certamente iremos ficar para trás. Apesar do nosso trabalho ser mais braçal, temos que ficar antenados. O futuro tende a ser mais eletrônico e automatizado”, conclui. A internet está aí para ajudar.

Receba grátis por e-mail

Comentários

Author


Avatar